17/01/2015

Sugestões: 10 livros para ler nas férias


Oi gente! Tudo bem? Então, sou a nova postadora do blog (temporária)! Me chamo Laura, tenho 14 anos, moro no RS e também tenho um blog, o Amor pela escrita. Sou potterhead, semideusa e tributo. Amo ler, minha saga preferida é Harry Potter e meu livro preferido é Deixe a neve cair. Enfim, aos poucos vocês vão me conhecendo melhor (já que não sou muito boa com apresentações :x).
Para começar, trouxe sugestões de 10 livros para ler nas férias (não sei quando começam as aulas de vocês, mas as minhas estão bem longe hehe). Separei alguns livros para todos os gostos (principalmente para quem cansou ou não quer ler sagas) que, garanto, todos são bons! Chega de enrolar, vamos lá!

#10: As vantagens de ser invisível


SinopseAo mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se é real ou imaginário.

#9: Cartas de amor aos mortos

Sinopse: Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.

(Ah, esse livro já ganhou uma resenha aqui no blog. Para ler, clique aqui

#8: Eleanor & Park

Eleanor & Park (Ebook)

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e grande (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

#7: Cidades de papel


Sinopse: Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

(Detalhe: esse livro vai ganhar uma adaptação para o cinema em julho desse ano!) 

#6: A menina que roubava livros 

A Menina Que Roubava Livros

Sinopse:
Quando a Morte conta uma história,
você deve parar para ler.

A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, porém surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los em troca de dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. Essa obra, que ela ainda não sabe ler, é seu único vínculo com a família.
Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a cumplicidade do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que a ensina a ler. Em tempos de livros incendiados, o gosto de roubá-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito.
A vida na rua Himmel é a pseudorrealidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um jovem judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela história. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa desse duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto — e raro — de crítica e público.

#5: Se eu ficar


Sinopse: A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais, mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. Se ela ficar...

#4: Quem é você, Alasca?


Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o 'Grande Talvez'. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, engraçada, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao Grande Talvez.

#3: Princesa adormecida


(Sou apaixonada por esse livro! <3 <3)

Sinopse: Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas esta princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. 

Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida.
Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim... 


#2: O doador de memórias

O Doador de Memórias - Quando Não Há Memórias, A Liberdade É Apenas Uma Ilusão

SinopseMais de 11 milhões de livros vendidos no mundo. Em O doador de memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente – o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. 
     Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo.

#1: Deixe a neve cair

Deixe A Neve Cair

Sinopse: Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em “Deixe a Neve Cair”, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera.

Então, é isso! Qual livro vocês mais gostam? 

Espero que tenham gostado e aproveitem o tempo livre para ler bastante! :D 

Beijos, 

Lau. 

16 comentários:

  1. Oi Laura! Bem-vinda :) Fiz um post desse um tempinho atrás, assim que começou as férias :) e também coloquei Eleanor & Park e Cartas de Amor aos Mortos. Acho a menina que roubava livros meio ''pesadinho'' pra as férias, mas aí é de cada pessoa HKSAUSHAISH
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada! Pois é, também pensei um pouco antes de colocar, mas tentei deixar a lista bem eclética, para todos os gostos huahuhauha :D

      Excluir
  2. Oi, Laura!
    Bem-vinda ao blog. Você disse que não sabe se apresentar... Eu discordo. O melhor modo de conhecer uma pessoa é pelas leituras que ela tem, pelo menos é o que acho. Hahah
    Sobre os livros que você indicou, não li nem um. Eles não fazem o meu gênero. Não é que eu nunca leria, até darei chance a alguns deles como "O Doador de Memórias" e "Se Eu Ficar", mas não é exatamente a minha praia. Enfim... Mesmo que temporária, que sua passagem pelo blog seja um sucesso!

    Com carinho, Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada! Entendo a sua opinião :). Esses dois são muito bons, vale a pena dar uma chance mesmo, acho que você vai gostar huahuahuha. :D

      Excluir
  3. Oi Laura!!
    Adorei suas sugestões. Concordo com vários dali, e outros ainda não li.
    Espero que Cartas de Amor aos Mortos seja bom, por que já vi tanta gente falando mal dele....
    E As Vantagens de Ser Invisível é perfeito. Não podia ficar fora.
    Beijos!!!

    www.umolhardeestrangeiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Que bom que gostou! É, As vantagens de ser invisível não pode ficar de fora mesmo, amo esse livro. Beijos! :)

      Excluir
  4. Desses já li: As Vantagens de Ser Invisível, A Menina Que Roubava Livros e Quem é você, Alasca?
    To louco pra ler Cidades de Papel e Eleanor & Park!

    Ótimas sugestões! Bjo

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São ótimos, você vai gostar! :)
      Obrigada, bjos!

      Excluir
  5. Amei suas dicas, acho que vou fazer um post sobre isso também, Secesso :0 Siga o blog, estou sempre postando novidades, já estou te seguindo

    meuslivros-e-eu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Lau! Tudo bem?

    Desses aí não li nenhum, mas estou em cima do muro para ler "As Vantagens de Ser Invisível", uns dizem que é chato e outros que é demais.

    Sou louco pra ler "A Menina Que Roubava Livros" e tenho "Quem é você, Alasca?", na edição da Intrínseca, chegou há alguns dias e estou ansioso pra começar a leitura ><

    Então, é isso... Parabéns, ótimas sugestões!

    Abs,
    Jhonatan.

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Recomendo que leia mesmo, todos esses são bons (ao menos pra mim, huhauha)! Obrigada, abraço! :)

      Excluir
  7. Já li todos, menos a Princesa Adormecida e A Menina que Roubava Livros. Meus favoritos, As Vantagens de Ser Invisível e Quem é você, Alasca?. Você selecionou ótimos livros, parabéns! Beijos, Jú
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Que bom que gostou do post, obrigada! Beijos :)

      Excluir
  8. Nossa gostei muito da sua lista de livros para ler, adoraria que fosse a minha lista de livros para ler.
    Bom algum momento eu espero ler esses livros e gostar deles (bem eu acho meio difícil você não gostar porque são livros muito bons), eu sei que deveria ter lido esses livros... mas a fila da leitura ta grande ai ai. Mas obrigada pela indicações dos livros.
    Beijos
    Ceci
    https://maniacaporlivros.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, a minha lista de livros também não é pequena! Quando puder leia, você vai gostar. :) Beijos!

      Excluir